Seguidores

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Globo desiste de agradar evangélicos e lança novela com nome de santo

Em junho alguns veículos decomunicação chegaram a noticiar que a Rede Globo estava pensando em trocar o nome da “novela da oito” escrita por Glória Perez. A mudança seria para não espantar o público evangélico já que o folhetim foi batizado de “Salve Jorge”.
Mas no final das contas a emissora não fez a alteração deixando o título original que faz uma homenagem a São Jorge, um dos santos católicos mais venerados no país. A novela estreia nesta segunda-feira (22) após o final da novela “Avenida Brasil”.
São Jorge é venerado pela Igreja Católica Romana, Igreja Ortodoxa e também na Comunhão Anglicana. Mas também é representado nos cultos das religiões afro-brasileiras em forma de Ogum.
Apesar do nome, a trama não terá tema religioso. O roteiro vai tratar sobre assuntos como tráfico de pessoas. A ligação com o santo católico está na devoção, a começar pelos lugaresescolhidos para as filmagens: as cidades turcas de Istambul e Capadócia, onde o padre teria nascido.
Quando começou a dar detalhes sobre seu novo trabalho, a escritora tentou explicar o título: “A fé nele [São Jorge] existe e vamos mostrar: a fé na força que temos para vencer os dragões que a vida nos reserva”, disse Glória Perez no Twitter.
Com informações gospel prime

Thalles estrela clipe da canção tema do filme “Três histórias, um destino”

O dia 02 de novembro (sexta-feira) é aguardado com grande expectativa por parte do público evangélico e entusiasta de cinema quando chegará às telas o filme Três histórias, um destino, baseado no livro homônimo escrito pelo Missionário R. R. Soares e lançado em 2004 pela Graça Editorial. Oito anos depois, a Graça Filmes transporta as páginas para as telas dos principais cinemas do Brasil e promete impactar multidões através da história de três pessoas comuns, iguais a nós, que terão seus destinos cruzados em um momento crucial dessa trama.
Para ampliar a divulgação, foi lançado nesta quinta-feira (13), às 21h30, o clipe da canção tema do filme. Escrita pelo Missionário R. R. Soares, Maravilha é interpretada por Thalles Roberto (co-autor da música). Segundo o diretor-executivo da Graça Filmes, Ygor Siqueira, a escolha do cantor veio para ajudar ainda mais na divulgação da película. “Escolhemos o Thalles primeiramente pelo o que Deus tem feito por meio de sua vida no Brasil e precisávamos refletir na música a mensagem do clímax do filme que combinou perfeitamente com o estilo de música do Thalles”.
Dirigido por PC Junior, que já trabalhou com o cantor no clipe Deus da minha vida, a base do vídeo foi feita em um hotel em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro, e representou um verdadeiro desafio para a equipe. “O Thalles anda com a agenda muito corrida e, na ocasião, ele ia fazer um show na região e tivemos apenas dez minutos para fazer toda a filmagem”, relata o diretor que já roteirizou um novo clipe do cantor que promete ser uma superprodução.
Com produção de André Bastos e edição de Rafa Hernandes, o clipe de Maravilha mescla imagens do cantor com cenas do filme que breve estreará nos cinemas. E a Graça Filmes ainda prepara mais uma surpresa para quem marcar presença na ExpoCristã que acontece de 25 a 30 de setembro no Anhembi (SP): o relançamento do livro Três histórias, um destino totalmente repaginado. Para ter mais informações sobre esse lançamento que irá marcar a história do cinema cristão nacional, acesse: www.treshistoriasumdestino.com.br.

A partir de hoje seu nome será Coragem


Deus é um Deus de uma nova chance, não sei o que se passa em sua vida, mas Ele irá dar novas forças aos seus soldados, novas armas e estratégia, mas para isso precisamos de uma arma chamada paciência, não somente nessa área mais em todas as que estão relacionadas em nosso dia a dia.
1Antes de o gigante cair é preciso cair algo em sua vida, algo precisa ser removido, tem coisa que achamos que não tem importância, que não tem nada a ver, mas é isso que vai te derrubar, tome cuidado, elimine isso de sua vida, para que o mesmo não te derrube mais adiante, imagina passar por coisas que não era para passar, lutas grandes e incansáveis. Deus quer te usar como alguém grande, assim como foi com Davi, então você fará a diferença e Deus ira honrar a sua vida.
Muitos julgam você pela aparência, mas Deus olha seu coração, sua experiência com Deus é o que vai ditar o seu futuro, precisa começar com você, através de você muitos irão ser ajudados, esse gigante que assola a sua vida, irá cair.
Enquanto os irmãos de Davi estavam tentando impressionar Samuel, havia um jovem que estava trabalhando, o irmão mais novo da casa de Jesse. Você se considera o menor na casa do seu pai? Você não tem tempo para trabalhar para o Senhor? Então é você mesmo que Deus irá usar, será escolhido e Ele vai honra-lo, você receberá todos os recursos e ajuda. O tempo de Deus chegará a sua vida.
Quando mais nos diminuímos, mas o Senhor irá nos exaltar, quanto mais servos nos tornamos, mais Ele será presente em sua vida. Quando isso acontecer, todos os gigantes irão saber que Deus é contigo e anda com você, toda vez que tentar derrubar um gigante, nosso inimigo irá enviar pessoas para tentar te desanimar.
Todos esses problemas pequenos serviram de experiência para passar por esse problema hercúleo, você será vitorioso, mesmo na morte somos vitoriosos, porque você vai para o céu, mesmo assim Satanás irá perder. E aquela pessoa pequena e desprezada, será mais do que vitorioso, a partir de hoje seu nome será Coragem. Acalme o seu coração, o General invicto esta ao seu lado para tombar esse gigante.
Davi não conseguiu andar com a as roupas de Saul para guerrear, não tente usar aquilo que é dos outros para derrubar gigantes, mesmo suas vestes e seu método sendo simples, não se incomode com isso, quem esta com você? Quem esta ao seu lado? O Senhor dos exércitos, é Ele que esta guerreando com você, quer estrategista melhor do que esse?
Aquilo que você tem em suas mãos, é poderoso, use o que você tem e o gigante irá cair, não deixe o inimigo dominar sua boca, sua língua, use para as coisas do Senhor, pequenas coisas nas mãos de grandes homens de Deus, tornasse algo mortal. Roupa que não tem intimidade com Deus não serve em você, essas “roupas” que menciono, são situações que fazem você perder a índole, lugares dais quais ninguém irá lhe ver, então acaba fazendo algo que irá manchar seu caráter, amizades das quais tiram você do foco, isso não serve para você, peça para Deus te ajudar a usar as armas que Ele te deu. Não seja um clone das coisas do mundo, seja original e em sua originalidade Deus vai te usar de forma enorme, muitos serão ajudados, além de você conseguir derrubar mais um gigante em sua vida.
A oração que você dá para o Senhor vai caindo um gigante diferente em sua vida, seja intimo de Deus, sabe o que Davi fez? Usou sua própria arma, a pedra do Deus forte e Senhor dos exércitos e então derrotou o gigante. Parece uma coisa estranha uma simples pedra derrubar um gigante, mas quando colocamos Deus na frente, é isso que acontece, não tente racionalizar o milagre de Deus, se na bíblia estivesse falando que Jonas engoliu a baleia, eu iria acreditar aquele que criou o universo não iria fazer isso? Não iria te ajudar? Adore a Deus e de glória ao Seu nome, porque a cada glória você será vitorioso, toda arma contra você não terá efeito.
Quem acompanha a sua prova, também irá ver a sua vitória, você vai tirar a cabeça desse gigante e vai desfilar, sua família será restaurada, irão ficar unidos, as lágrimas irão correr em seu rosto de tanta alegria e agradecimento ao Deus criador. Sua vitória é hoje.
Se você esta triste, esse gigante irá cair hoje, se está fraco, isso acaba agora, torne isso real em sua vida. Em meio à multidão, Deus esta te vendo, às vezes é necessário todos esses problemas para entendermos o amor de Deus em nossa vida preparem-se porque chegou um novo tempo em sua vida.
Seu passado Ele não lembra mais, o vento da justiça esta soprando em sua vida, e o seu futuro serão de vitorias incontáveis.
“Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.” Josué 1:9.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

José – De Escravo a Governador: minissérie da Record será baseada em conflitos familiares


Depois do sucesso da minissérie “Rei Davi”, a rede Record prepara mais uma produção inspirada em uma história da Bíblia, “José – De escravo a governador”. Viviane de Oliveira, que foi responsável pelos textos das minisséries bíblicas anteriores, “Rei Davi” e “A história de Ester”, também assinará o texto da nova produção, a autora já revelou alguns detalhes sobre a minissérie, dentre eles, o de que o foco principal será os conflitos familiares.
“É uma história bem difícil, mas diferente da complexidade de Davi. Davi era uma trama de muitos eventos, muitas guerras, relações políticas. Davi, principalmente, era um anti-herói. Ele era um homem muito bom, mas às vezes cometia atos não tão nobres. José era um home mais linear, não tem grandes eventos. É uma trama bem focada na família, nos dramas menores. Vamos mostrar o ser humano como ele é.”, explicou a autora.
Ela ainda comentou sobre a descrição sucinta da história de José na Bíblia, “Contar essa história foi mais fácil, porque Davi era uma vida, era uma história muito grande. José é para poucos capítulos, mas dá caldo para mais. A trama não abrange muitas gerações, muitos livros da Bíblia. Ela é condensada em uma pequena parte de Gênesis”.
Viviane também elogiou a escolha do elenco da minissérie, que contará com os atores Ângelo Paes Leme, Maytê Piragibe, Babi Xavier, Guilherme Winter, Caio Junqueira, Camila Rodrigues e Rick Taveres. “O elenco é belíssimo, foi muito bem escalado”, disse a autora.

Atriz Luana Piovani revela ser evangélica, anuncia casamento e faz planos de batizar filho recém-nascido

A atriz e modelo Luana Piovani revelou ser evangélica, ao fazer o anúncio de seus planos para o casamento com o surfista Pedro Scooby.
Segundo Luana, sua relação com o evangelho vem de gerações: “Minha avó era evangélica, minha mãe é evangélica e eu sou evangélica. Somos da Igreja Adventista. Não frequento há muito tempo porque tenho uma vida corrida”, disse durante uma entrevista ao Jornal da Tarde.
Em entrevista à revista Contigo! que chegará às bancas no próximo dia 08, a atriz revelou que a cerimônia deverá ocorrer entre julho e setembro de 2013 e deverá ser simples: “Não precisa ter igreja nem padre. Queremos estar com as pessoas que são importantes para nós. Eu sou evangélica e Pedro não segue uma religião, mas tem muita fé. Também vamos batizar Dom. Será demais!”, afirmou.
Recentemente, Luana Piovani deu à luz a seu primeiro, Dom, fruto de sua relação com o surfista Scooby.
Sobre a recuperação do parto, contou já ter perdido o peso ganho durante a gestação: “Não sou radical, mas me cuido. Quero estar bem aos 105 anos!”, disse, de acordo com informações do Bol Notícias.

Conselheira de casais critica surgimento da “piriguete gospel” e afirma que moda “chegou para destruir vidas e relacionamentos”.


As questões envolvendo a vestimenta feminina e o poder de sedução através do comportamento são debatidas há anos entre evangélicos, e o surgimento de um termo que define mulheres que se vestem de maneira propensa a seduzir homens, “piriguete”, foi usado pela conselheira de casaisDani Marques em um artigo sobre o assunto, publicado em seu blog.
Segundo Dani Marques o “estilo piriguete” é “uma moda que chegou para destruir vidas e relacionamentos”. Em seu texto, a conselheira ironiza a determinação de mulheres que adotam o estilo mesmo no inverno: “O interessante, é que as adeptas a esse estilo não sentem frio. Não sei qual o segredo. Talvez o fogo que vem de dentro”.
A difusão dessa nova moda no meio evangélico foi comentada com igual humor pela blogueira: “A moda gospel conta com peças segunda pele, decotes ousados e blusinhas puxa-puxa: uma mão levantada pra louvar e a outra puxando a blusa para evitar que a barriga apareça”.
O tom de humor usado pela conselheira de casais em seu texto não diminui sua preocupação com as consequências que essa nova moda pode trazer: “Há uns 2 meses atrás, uma esposa compartilhou comigo que seu marido havia passado todo o período do culto desnorteado. Não conseguiu prestar atenção em uma palavra sequer, por conta de um bumbum bem modelado em uma calça jeans agarrada no banco da frente”, revela Dani Marques.
A questão psicológica foi abordada em dois pontos no texto: “Mulheres que se portam como vadias, atrairão cafajestes. Quer se casar com um cavalheiro? Então porte-se como uma dama”, orientou Marques, antes de citar dados científicos para reforçar seu argumento: “Se você não teve um pai que foi amigo, companheiro, seu maior admirador e ao mesmo tempo um exemplo de autoridade, é muito provável que você busque inconscientemente suprir esta falta com os homens que passarem pela sua vida, seduzindo-os através do seu corpo e modo de vestir. Pesquisas comprovam isto. Mas saiba que a única coisa que vai colher é decepção e frustração”, pontuou.
O tema foi abordado também no blog “Galera Radical”, em que a publicação “Piriguete Gospel”, voltada às adolescentes evangélicas que aderiram à moda e seu comportamento, critica a prática: “A piriguete precisa mostrar 24 horas por dia e em qualquer lugar que é atraente, que possui um corpão e que os meninos babam por ela. Ela precisa chamar a atenção. Para isso, usa toda sorte de artifícios para mostrar o seu corpo. Roupas coladas, decotadas e mini-saia constituem 90% do seu guarda-roupa”, descreve o texto.
Já no blog “Inconformados”, o post “Piriguete ou Pirigospel?” descreve os shows gospel como os “lugares que a gente vê como a crentaiada é super sem noção de Reino”, e afirma que “a galera consegue tornar tudo gospel: música, show, ficada, e também piriguete gospel”.
A tendência de mulheres jovens e adultas se apresentarem de forma sensual no meio evangélico também se tornou uma espécie de concurso, com blogs especializados em publicação de imagens com supostas evangélicas nuas em poses sensuais.

Novo DVD de Cassiane contará com participação especial da Cia de Teatro Nissi


A cantora Cassianegravará no próximo dia 15/09, seu novo DVD, e contará com a participação da Cia de Teatro Nissi, além de um coral formado por membros de igrejas da região de São Sebastião, litoral paulista, local escolhido para o evento.
O projeto contará com grande estrutura de som e iluminação, e um palco que, segundo informações da assessoria de imprensa da Sony Music, será desenvolvido exclusivamente para o evento.
O coordenador de produção do projeto, André Mattos, revelou que o conceito em torno do DVD será inovador, com valorização da arte interpretativa: “Vamos trazer uma linguagem teatral para esse DVD. A participação do Nissi está sendo roteirizada ainda, mas pelo que pudemos conversar em nossa primeira reunião, já temos garantidas boas ideias e temos certeza de que será um momento muito especial para o DVD”.
A gravadora também disponibilizou uma pré lista das músicas que farão parte do DVD, que contará com composições de sucesso da carreira de Cassiane e também quatro músicas inéditas. Confira abaixo:
24 Horas
A Glória do Senhor
Amigo Espírito Santo
Ao som dos louvores
Celebrarei
De uma forma diferente
Descanso
Gritai
Memorial de Deus
Papel de bala
Receba de Deus
Medley Papel de bala – O Tempo – O Amor, Você e Eu – Família nas mãos de Deus

“Porque ir à Igreja quando você pode assistir o culto online?”, pastor comenta a necessidade do cristão ir à igreja

Com o crescimento das transmissões de cultos de várias igrejas pela internet, e a comodidade de se assistir às pregações de casa, um questionamento que acaba surgindo entre alguns cristão é sobre a necessidade de estar presente fisicamente nos cultos.
Em um texto intitulado “Porque ir à Igreja quando você pode assistir o culto online?”, o pastor Tim Stevens, da Granger Community Church (Igreja da Comunidade de Granger), em Granger, no estado norte-americano de Indiana, comentou sobre a necessidade de o cristão ir à igreja.
O pastor afirma que, ao ficar em casa, o cristão possivelmente perderá o que Deus quer fazer através dele e para ele. Stevens faz ainda um paralelo entre ir à igreja e estar presente em compromissos familiares, no trabalho e até mesmo nas eleições. Ele afirma que o cristão não deve subestimar a importância de sua presença.
- No Novo Testamento não se sabe nada sobre um cristão que não está ligado a uma igreja. Seus dons, habilidades, ideias, serviços, liderança, recursos, amor tudo o que você tem a oferecer é uma parte crucial para uma congregação próspera – explica Stevens.
Comparando a igreja ao corpo humano, como organismo vivo, o pastor afirma que um membro ou órgão não sobrevive sozinho se retirado do corpo.
- Você removeu o seu pâncreas ou o esôfago ou o seu braço esquerdo, quando estão fora de seu corpo eles deixam de viver – compara.
Apesar de ressaltar a importância da vida em comunidade para o cristão, o pastor reconhece a importância das transmissões de cultos pela internet, como uma forma de alcançar as pessoas solitárias e isoladas do mundo e que não estão prontas para entrarem em uma igreja física. Para essas pessoas, a internet é uma ponte importante para que venham dar um passo a Cristo.
Leia na íntegra o texto, publicado originalmente no site churchleaders.com:
Por que ir à igreja quando você pode assistir online?
A igreja é um organismo vivo.
Você removeu o seu pâncreas ou o esôfago ou o seu braço esquerdo, quando estão fora de seu corpo eles deixam de viver.
No Novo Testamento não se sabe nada sobre um cristão que não está ligado a uma igreja. Seus dons, habilidades, ideias, serviços, liderança, recursos, amor tudo o que você tem a oferecer é uma parte crucial para uma congregação próspera.
Sua presença é mais importante do que você pensa.
Muitas vezes, pensamos que não sentiram a nossa falta.
Eu não voto no dia das eleições, porque isso realmente não importa. Eu não vou ao jogo de basquete de meu filho, porque ele nem vai perceber. Eu não me comprometo em minha jornada de trabalho, ficarei em casa, porque certamente eles têm número suficiente de pessoas. Eu fico em casa e assistir o culto on-line, porque em uma igreja com 5.000 pessoas, que ainda vai notar que eu não estou lá?
Mas isso é tão míope e impreciso. Você subestimar o significado da sua presença quando você pensa que não importa. Você subestimar o poder do Espírito de Deus que reside dentro de você quando você acredita que ficar em casa é tão bom quanto comparecendo. Você possivelmente perderá o que Deus quer fazer através de você e para você quando você ficar em casa.
Então, por a minha igreja transmite os cultos pela internet?
Porque há pessoas solitárias e isoladas do mundo, fornecendo então uma ponte para que eles possam, eventualmente, dar um passo em uma comunidade de fé.
Porque a Internet atinge bilhões de pessoas em todo o mundo, alguns que não estão perto o suficiente para participar de uma igreja vibrante.
Porque há momentos em que você estiver fora da cidade, em férias, ou na faculdade, e através do link você poderá permanecer conectado à sua igreja.
Porque serve como uma ferramenta fácil para convidar amigos que não estão prontos para entrar em uma reunião física, mas eles estão sofrendo e precisam de Jesus, e um serviço on-line pode ajudá-lo a alcançá-los.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

LOUVA AREIA BRANCA

1º LOUVA AREIA BRANCA EVENTO ORGANIZADO POR AFRÂNIO MESQUITA TRÁS A AREIA BRANCA ROSE NASCIMENTO E CONSEGUE ARRASTAR MILHÕES DE PESSOAS. 


AFRÂNIO MESQUITA AO LADO DE ROSE NASCIMENTO


ÍTALO MESQUITA FLAVIA TAVERNAD
ÍTALO MESQUITA E FLAVIA TAVERNAD



REVELAÇÃO GOSPEL ÍTALO MESQUITA E FLAVIA TAVERNAD


ÍTALO MESQUITA

ÍTALO MESQUITA E ROSE NASCIMENTO

ÍTALO MESQUITA E ROSE NASCIMENTO


EVENTO ACONTECIDO NO DIA 04/08/12 EM AREIA BRANCA.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

ROSE NASCIMENTO


DIA 4 DE AGOSTO NO GINÁSIO POLIESPORTIVO ROSÁRIO CABRAL AREIA BRANCA, ROSE NASCIMENTO EM AREIA BRANCA.


REVELAÇÃO GOSPEL
 — 'Ítalo Álamo e Flávia Tavernard' que estarão Louvando ao SENHOR numa participação no SHOW de Rose Nascimento.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Carta ao autor e consumador da fé

Tenho passado por lutas, mas você é muito maior do que todas elas juntas. Tenha passado pelo vale da sombra da morte, mas se ainda não caí é porque estas me guardando.
Com Sua gloria irá me coroar, quando combater o bom combate e guardar a fé, desde agora a coroa da justiça me esta guardada, mas não somente a mim, mas a todos que te amam, e aguçaram a esperança em seus caminhos.
Sei que tudo é possível para aquele que crê em Ti, então clamo sempre, sua invencibilidade é imensurável, estar junto a Ti é motivo de honra. Me cercaram, tentaram destituir seu nome dos meus lábios, mais ainda estou de pé, me fortaleceu em todo o tempo.
Para o seu louvor te agradeço porque estava abatido e me tirou as lágrimas do rosto, me vivificou, era sabido por Ti todas as minhas angustias.
Me chamaram de fanático e tolo por te servir e crer em sua palavra de dia e noite, seu nome esta comigo continuamente, hoje vejo que me colocou em lugares altos, mas o Senhor me assistiu, sobre isso tens me dado a resposta em Mateus 5:22, sobre os que me chamam de tolo.
Deixei tudo em suas mãos para ter o total controle da minha vida, deixei o autor e consumador da fé guiar meus passos e meus caminho. O senhor é a minha luz, nem foi e nem será, o Senhor é comigo, somente a sua presença me faz andar e não posso fazer nada sem Ti.
De madrugada conhece aquilo que esta me perturbando, mas acordei pela manha, então sua providência será breve, inclinou-se para me escutar. 2 Pedro 1:18 me diz que preciso crescer na sua graça, mas para me fortalecer, preciso te buscar.
Não serei digno se arar a terra se olhar para trás, em Lucas 9:62 nos ensina o que é certo, procurei seguir a verdade para que eu fosse visto e ouvido por Ti, e ao chegar a luta, a vitória fosse completa quando sondar o meu coração.
Que eu não seja como Demas, não posso amar esse presente século, nem deixar de ver a sua verdade, que não me falte visão do que é certo.
Tu permitiu que passasse pela dor e angustia, mas dupla honra tens me dado. Me deu palavras para continuar, descobri que estava sendo aparado e nunca me deixou, somente permaneceu quieto por um tempo para me observar.
Tentei achar uma palavra que descreve-se algo melhor ou maior que fosse além do teu Santo nome, mas não  achei nada, nem ninguém que fosse melhor do que o Senhor, em  todas as palavras que procurei, só achei coisas extraordinários a seu respeito.
Na palavra achei Autor da vida, B Bondoso e Brilhante estrela da manha, na palavra C você é Cristo, em D es Deus,E você é Emanuel e Eterno, na palavra F achei Fiel e Filho de Deus, G tu és gentil, em I é Imortal e Instrutor,  J achei Juiz, L é o Leão de Judá, na palavra M és Maravilhoso, em O é o Omega, quando cheguei na palavra P vi que és o Príncipe da Paz, em R és o Reis dos reis, na palavra S és o Senhor dos Senhores, vi que na palavra T és Tremendo, Ué o Único, V é o Vitorioso, até na palavra Z achei algo, é o Deus Zeloso.
És meu refugio e uma torre forte contra todo o mal, nunca esquecerei do seu amor e de todos os seus beneplácitos: “Pois tens sido um refúgio para mim, e uma torre forte contra o inimigo.” Salmos 61:3.
“Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus” Hebreus 12:2.
(Oscar Correia)
CT
Bibliografia
Bíblia Sagrada   - tradução João Ferreira de Almeida
Bíblia em Inglês – King James
Bíblia Espanhol  – Sagradas Escrituras (1569)

Crescimento de evangélicos tornou-se um fenômeno cultural, diz socióloga

Em entrevista para a revista Carta Capital, a socióloga Christina Vital, comentou o crescimento do número de evangélicos no Brasil analisando o fenômeno cultural que surgiu diante desse aumento de novos fiéis.
Christina Vital, que é professora da Universidade Federal Fluminense (UFF) e pesquisadora do Instituto de Estudos da Religião (Iser), comenta o boom dos anos 1990 quando o aumento chegou em seu auge, dizendo que o espaço público conquistado através da mídia e da nova perspectiva cristã trazida pelo neopentecostalismo ofereceram uma nova mensagem que acabou atraindo quem estava acostumado com as igrejas históricas, pentecostais e com a Igreja Católica.
Confira abaixo a íntegra da matéria e da entrevista que está no site da Revista Carta Capital:
Os evangélicos continuam em forte ascensão no Brasil. Apenas na última década, mais de 16 milhões brasileiros se converteram às mais variadas denominações protestantes. De acordo com dados do Censo de 2010, divulgados recentemente pelo IBGE, os evangélicos somam 42,3 milhões de fiéis, ou 22,2% da população. Trata-se da religião que mais cresce no País, a custa de um constante declínio católico. Os seguidores da Igreja de Roma passaram de 73,6% em 2000 para 64,6% em 2010.
Se mantida a tendência, os evangélicos podem chegar a um terço da população em dez anos. Não é bem o que os pastores mais otimistas previam, mas ainda assim é um grande feito. Há três anos, o Serviço de Evangelização para a América Latina, organização protestante de estudos teológicos conhecida pela sigla Sepal, estimou que a metade dos brasileiros seria evangélica até 2020. Mas o crescimento protestante parece ter atingido o seu ápice nos anos 1990, quando o número de fiéis aumentou 71%. Na década seguinte, a expansão diminuiu o ritmo e ficou em 41%.
O boom evangélico estaria próximo do fim? “Não dá para tratar uma expansão tão acentuada como algo banal ou como a expressão de um enfraquecimento deste segmento religioso”, afirma a socióloga Christina Vital, professora da Universidade Federal Fluminense (UFF) e pesquisadora do Instituto de Estudos da Religião (Iser). “Seria um grande equivoco dizer isso, já que se trata de um crescimento de mais de 40%!”. Em entrevista a CartaCapital, a especialista avalia o fenômeno da explosão numérica dos fiéis e as suas consequências para a sociedade.
CartaCapital: O boom evangélico está próximo do fim?
Christina Vital: Parte das análises sobre os dados de religião do Censo 2010 nos conduzem para uma conclusão: o crescimento evangélico atingiu o seu auge. Estas análises privilegiam a perspectiva do “copo vazio”. Logo, acentuariam a desaceleração do crescimento evangélico em detrimento de buscarem entender o que significa um crescimento de mais de 40% de um segmento religioso. Entendo que as análises do tipo “copo vazio” estão referidas a expectativas vindas do próprio campo evangélico e também anunciadas por estudiosos da religião no Brasil que anunciavam um crescimento mais expressivo.
CC: O que explica o boom dos anos 1990?
O aumento de décadas passadas estava referido a um contexto de mudanças na sociedade ao longo da década de 1980 e que se refletiria no Censo de 1990: êxodo rural (os evangélicos são mais presentes no meio urbano) e a forte rede de solidariedade que os evangélicos oferecem para estes que estão, muitas vezes, longe da família. Também o crescimento dos evangélicos no espaço público seja através da política, seja através da presença na mídia televisiva, além da nova perspectiva cristã que o surgimento dos neopentecostais ofereceu para os que já estavam acostumados com a mensagem bíblica nas igrejas evangélicas históricas, nas pentecostais mais tradicionais ou mesmo no catolicismo.
CC: O movimento neopentecostal foi o grande protagonista da explosão numérica dos evangélicos?
CV: A partir, sobretudo, de meados da década de 1990, uma série de embates começam a emergir no campo religioso brasileiro. O elemento central das várias controvérsias em curso foi o segmento neopentecostal. Estas controvérsias atingiram também, em termos de imagem pública, os pentecostais de modo geral. Mas, com todas as polêmicas e críticas em torno das doutrinas e rituais evangélicos, eles continuaram em crescimento. Assim, eram 3,4% em 1950; 4% em 1960; 5,2% em 1970, 6,6% em 1980, 9% em 1990; 15,5% em 2000 e agora atingiram 22% da população nacional. Para além de pensar no crescimento percentual que é expressivo, saliento, vale uma reflexão sobre o papel que este segmento religioso tem em nossa cultura.
CC: Quais são as principais contribuições?
CV: O Brasil que tem sua identidade social e cultural amplamente atravessada pelo cristianismo católico. Das últimas décadas para cá, vem sendo afetado pela cultura evangélica seja através do mercado gospel, seja através da articulação de uma gramática tão singularmente acionada pelos seus fiéis. Sendo assim, é comum escutarmos expressões como “só Jesus”; “fulano é um abençoado”, “o sangue de Jesus tem poder”, “tá amarrado”, entre outras. No País, falou-se sempre de uma religiosidade católica difusa que envolvia uma crença compartilhada em certos valores professados pela igreja católica e em um certo repertório sagrado que tinha a ver com a não prática da religião, mas na crença em alguns de seus sacramentos e na força de alguns de seus santos. Mais recentemente observa-se uma religiosidade evangélica difusa, sobretudo no meio popular, mas que se espraia, paulatinamente, para toda a nossa sociedade.
CC: Trata-se de um fenômeno cultural?
CV: Sim, e o meio artístico tem sido importante para isto. Há duplas sertanejas e grupos de pagode que cantam canções evangélicas ou fazem menções a elas. Existem grupos de rap e de funk que articulam a gramática evangélica através de expressões e de acionamento de imagens e situações comumente articuladas pelas lideranças evangélicas em seus cultos seja nas igrejas, nas prisões ou entre traficantes nas favelas. Sendo assim, não olho para o crescimento de mais de 40% dos evangélicos no Brasil do Censo de 2000 para 2010 como algo banal ou como a expressão de um enfraquecimento deste segmento religioso! Mas esta perspectiva, comso disse inicialmente, está muito informada pelas projeções que marcavam um crescimento maior, sem considerar que em momento anterior a sociedade como um todo passava por muitas transformações em diferentes campos da vida social (econômico, político, cultural) e que o campo religioso foi somente mais um deles a ser grandemente afetado.
CC: A senhora acredita que o Brasil terá maioria evangélica em algum momento?
CV: A força da nossa tradição cultural forjada pela articulação política, social e econômica entre Estado, Igreja Católica e elites rurais nos dificulta pensar numa maioria evangélica que implicasse na formação de uma sociedade ascética. No entanto, chamo atenção para o fato de que a sociedade está em movimento e também o campo religioso que pode promover adaptações que venham a surpreender e resultar num crescimento igualmente surpreendente.
CC: O que explica o elevado percentual de “evangélicos não determinados” do último Censo (4,8% da população brasileira)?
CV: Estes dados podem indicar que o fluxo de entrada e saída de fiéis das denominações evangélicas é muito acentuado. Isto poderia, por seu turno, indicar que tanto os fiéis estão mudando quanto podem estar sendo mais flexíveis as próprias igrejas evangélicas na relação com o seu público alvo. Por outro lado, observamos um crescimento das igrejas históricas renovadas, que seria o movimento pentecostal entre as denominações ditas tradicionais ou históricas. Este crescimento poderia sinalizar, como alguns sociólogos da religião vem defendendo, um modo de viver a fé pentecostal sem se expor à imagem controversa que desfrutam os evangélicos pentecostais. Uma imagem negativa por vezes ligada à intolerância, ao baixo nível educacional, ao enriquecimento ilícito dos líderes religiosos.
CC: Alguns pesquisadores sustentam que a expansão também se deve à flexibilização dos costumes entre os evangélicos.
CV: É fato que as igrejas evangélicas, pela descentralidade que caracteriza este universo, em oposição à Igreja Católica Apostólica Romana, são mais flexíveis. As igrejas evangélicas têm grande capacidade de se adaptarem ao público alvo desta e daquela denominação. Adaptam-se em termos discursivos, doutrinários e ritualísticos ao meio urbano e ao meio rural, às minorias (lembrando que há igrejas evangélicas chamadas inclusivas, isto é, que são dirigidas por gays), etc. No entanto, não vejo esta flexibilidade como uma continuidade em relação a padrões culturais existentes. O mundo evangélico é de acolhimento, de aproximação para a transformação para os padrões morais que professam. Sendo assim, avançam entre grupos que poderiam parecer antagônicos a esta fé, mas o fazem justamente numa perspectiva de cura. Sempre a cura!
CC: Curar os que se desviaram da doutrina cristã?
CV: Esta é uma dimensão importante no imaginário evangélico. E assim avançam entre os rockeiros, funkeiros, traficantes, prostitutas, pagodeiros, mas com uma perspectiva proselitista que visa transformar grupos e pessoas. Em termos políticos, sociais e econômicos este segmento já causou muito impacto e continua causando. Só para tratarmos do primeiro ponto, no cenário político nacional e de alguns estados, o elemento religioso é absolutamente fundamental, decisivo.
CC: Qual é o grau de influência política dos evangélicos?
CV: Vimos como eles tiveram importância nas eleições presidenciais de 2010, na qual assumiram papel de destaque na polêmica em torno do aborto. O tema entrou na agenda política a ser tratada pelos candidatos. Também tiveram papel de destaque na controvérsia em torno do Kit Anti-homofobia para as escolas públicas e do caso Palocci. Enfim, a presença evangélica remexeu tanto o campo político nacional que começamos a assistir nas campanhas para os cargos eletivos nacionais, estaduais e municiais a apresentação da identidade religiosa dos candidatos. A identidade católica, que de tão hegemônica não precisava ser mencionada, passou a ser mencionada. Também a identidade de candidatos espíritas e ligados a religiões de matriz africana. Todos nós assistimos recentemente a formação do que vem sendo chamada de frente parlamentar de terreiros, por exemplo.

sábado, 28 de julho de 2012

REVELAÇÃO GOSPEL


'Italo Álamo e Flávia Tavernard' que estarão Louvando ao SENHOR numa participação no SHOW de Rose Nascimento 04/08/2012

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Número de índios evangélicos cresce 42% em dez anos

Segundo Censo, indígenas cristão já soma 210 mil; a maioria está ligada a AD
O Censo 2010 divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que o número de evangélicos indígenas cresceu 42% nos últimos dez anos. Os índios evangélicos já somam 210 mil pessoas, ou 25% do total da população indígena.
Segundo a Folha de S. Paulo, o crescimento entre essa população segue a tendência geral dos brasileiros, que registrou 61% de aumento entre 2000 e 2010.
Missões
Um dos fatores que tem aumentado o número de evangélicos entre a população indígena são as missões de evangelização que atuam em áreas isoladas onde vivem os índios.
Segundo Carlos Travassos, coordenador-geral do setor que monitora tribos isoladas e de recente contato na Funai (Fundação Nacional do Índio), a organização dessas missões têm aumentado. Os grupos missionários contam com recursos como aviões.
Uma dessas organizações é a Asas de Socorro, uma das 15 agências evangélicas filiadas à Associação de Missões Transculturais Brasileiras.
A missão possui voluntários que fazem ações de ensino, assistência social e treinamento de lideres indígenas.
Segundo os detalhes da pesquisa censitária, a maioria dos índios evangélicos é ligada à igreja Assembleia de Deus, ou seja, 31% ou 64.620 pessoas. Em segundo lugar vêm os batistas, com 17%, cerca de 35,5 mil pessoas.
Já o percentual de católicos indígenas caiu de 59% para 50,5% na última década.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Posso todas as coisas naquele que me fortalece?


Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Filipenses 4:13
O versículo tão conhecido de Filipenses 4 é muito usado no para nos encorajar e nos ensinar que podemos todas as coisas naquele que nos fortalece, sempre que lembramos dele ou vemos alguém usá-lo é para algo positivo ou alguma conquista que queremos, mas não nos damos conta do que Paulo realmente quis dizer e para isso, é necessário ler desde o versículo 10 até ao 14 para perceber que quando dizemos “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”, não se refere apenas à situações de conquista, mas para tribulações também:
Ora, muito me regozijei no Senhor por finalmente reviver a vossa lembrança de mim; pois já vos tínheis lembrado, mas não tínheis tido oportunidade. Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Todavia fizestes bem em tomar parte na minha aflição. Filipenses 4:10-14
Paulo passou por momentos muito difíceis em sua trajetória Cristã, tanto que a maioria de suas cartas para a Igreja foi escrita quando estava preso. Neste verso, ele fala que sabe tanto ter abundância quanto padecer em necessidade, ter fartura assim como ter fome, e ele pôde passar todas essas coisa, porque Deus é quem fortalece.
E é esta a essência deste versículo, ele não é apenas para vitórias, mas para momentos ruins também. É fácil confiar em Deus quando estamos vivendo em abundância, mas confiar na hora da necessidade é sinal de fé.
O exemplo de Paulo deve nos fazer refletir sobre nossa postura diante das situações da vida. Quando bendizemos a Deus? Quando tudo vai bem? E quando a situação está mal, o que fazemos? Ou o que devemos fazer?
Devemos nos refugiar ainda mais em Deus e confiar na sua fidelidade,por mais que o homem possa falhar Deus nunca falha, ele é fiel em tudo.
Devemos saber também que todas as situações que vivemos, sejam boas ou ruins, servem para nos ensinar e moldar o nosso caráter em Cristo. O que vivemos nos ajuda a amadurecer na fé e a nos preparar para coisas maiores que Deus quer nos revelar.
Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Romanos 8:28
Ainda assim, temos o exemplo de Jó, que sendo fiel foi colocado à prova a ponto de perder todos os bens, todos os seus filhos e ainda ficou com o corpo coberto de feridas. E se não bastasse isso, sua esposa falou para ele amaldiçoar a Deus e morrer e ainda apareceram seus três amigos que ao invés de consolá-lo o acusaram de ser o próprio culpado pela situação que estava vivendo. Com tudo isso, Jó confiou em Deus e se sujeitou totalmente a ele: “(…) e disse: “Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor
“. Em tudo isso Jó não pecou nem de nada culpou a Deus. Jó 1:21-22”
Isso sim é alguém que pôde tudo naquele que o fortalece, Jó conseguiu passar por todas as dificuldades por causa do seu temor a Deus e depois ele teve todos os bens restituídos e muito mais do que tinha.
Portanto, podemos tudo naquele que nos fortalece nosso Deus e eterno Pai de amor, seja paz ou tribulação, abundância ou necessidade. Precisamos confiar n’Ele de todo o coração sabendo que Deus nos livra de tudo.
Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33
Deus abençoe

Pr. Marcos Pereira recebe título de Benemérito no Rio de Janeiro, por causa de trabalho em penitenciárias

O pastor Marcos Pereira, líder da igreja da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) receberá, no dia 31 de agosto de 2012, o título de Benemérito do Estado do Rio de Janeiro. O título será oferecido ao pastor em uma homenagem no Palácio Tiradentes, e foi proposto pelo deputado Paulo Ramos (PDT).

O título Benemérito é concedido como homenagem por serviços prestados a comunidade. E, segundo Polyanna Dias da Agência H3, Marcos Pereira foi escolhido devido aos trabalhos de ressocialização de pessoas que vivem no crime e nas drogas realizados pela ADUD, que tem uma maior concentração no Estado do Rio de Janeiro através do Instituto Vida Renovada (IVR).

- Sinto-me honrado, e não recebo esta honra sozinho, mas juntamente com todos da ADUD que fazem com que a libertação alcance a todos – declarou o Pr. Marcos Pereira.

De acordo com a H3, os trabalhos do IVR são destinados à população carente, e tem como objetivo promover e acolher egressos do sistema penitenciário, dependentes químicos e pessoas marginalizadas, formulando soluções no desenvolvimento social, econômico e cultural. Também são oferecidos cursos, atendimento odontológico e assistência jurídica.

A entidade afirma que em 2011 realizou mais de quatro mil atendimentos nas áreas social, jurídica e psicológica por meio do CERDHIVR (Centro de Referência em Direitos Humanos do Instituto Vida Renovada) e possui um abrigo em São João de Meriti que atende 80 homens e 40 mulheres advindas da marginalidade, das penitenciárias e da dependência química.

domingo, 22 de julho de 2012

Rafael lima

 
Batismo Com Espirito Santo

louvor Rafael Lima

  
Culto em Porto do Mangue

Novo CD de Brenda terá participação especial da cantora norte americana Kerrie Roberts

Na tarde da última quinta-feira (19), o diretor da Sony Music, Mauricio Soares, anunciou através do twitter que o novo CD da cantora Brenda terá participação da cantora norte americana Kerrie Roberts.
“Tivemos uma boa conversa sobre diversos projetos com a cantora e entre tantas ideias, surgiu a vontade de inclui-la no projeto de algum outro artista da nova geração da música cristã no Brasil. A Kerrie esteve no Brasil no ano passado, apaixonou-se pelo país e pelo povo e, desde então passou a estudar a língua portuguesa e a dedicar-se mais à nossa cultura. Em breve, Kerrie estará no Brasil para mais uma série de apresentações nas principais capitais”, contou Mauricio.
“Depois, num almoço com a artista e sua manager, falamos mais a respeito do projeto e tudo foi acertado. Ligamos para o Paulo César Baruk, produtor do novo CD da Brenda, que também recebeu a notícia com bastante felicidade e falamos também com Brenda. Todos satisfeitos e empolgados, agora estamos providenciando toda a logística dessa operação, já que o novo CD de Brenda será lançado na Expo Cristã, em setembro”.
A cantora Kerrie Roberts tem intenção de firmar-se como referência no mercado brasileiro e pretende no seu próximo álbum, com uma edição exclusiva para o Brasil, gravar 3 músicas com participação de artistas gospel brasileiros. Os 3 artistas já foram definidos, mas serão mantidos em sigilo.
“Nestas músicas, Kerrie irá nos mostrar como andam suas aulas de português. (…) Esse projeto é um marco porque nunca na história da música cristã no país aconteceu esse tipo de intercâmbio”, disse Mauricio. O álbum deverá sair entre janeiro e março do próximo ano.